Síndrome Mão – Pé – Boca – Os planos em Curitiba Cobrem?

Atualmente e infelizmente, está tendo um surto nas creches e escolas, da síndrome mão – pé – boca e muitas mães e pais nem sabem que doença é essa. Nesse post falaremos mais sobre essa síndrome que vem prejudicando os bebês e crianças.

Síndrome Mano-Pé-Boca | Os planos de saúde em Curitiba Cobrem?

Síndrome Mão - Pé - Boca - Os planos em Curitiba Cobrem?

Síndrome Mão – Pé – Boca, o que é?

A síndrome mão – pé – boca (HFMD, sigla em inglês ou SMPB sigla em português) é um problema muito comum nas crianças, que se trata de uma infecção viral e contagiosa, que é caracterizada por feridas nas partes orais e erupções nas mãos e pés. Esse problema é causado pelo vírus Coxsackie que fazem parte da família do enterovírus que moram no sistema digestivo e podem causas estomatites (tipo aftas que atacam a mucosa da boca).

Essa síndrome pode ocorrer em adultos, porém é mais comum em crianças e bebês. Ela tende a desaparecer sozinha depois de alguns dias, não sendo nada mais grave, a menos que, por conta da criança estar com a garganta irrita, ela possa ficar sem comer ou beber, causando uma desidratação.

Existem também outras formas de ter essa síndrome por outros tipos de vírus, como, por exemplo, pelo vírus: Enterovírus A71 que pode ser a mais perigosa, podendo se complicar em casos de encefalite, meningite ou miocardite (inflamação do músculo cardíaco).

Transmissão da síndrome

Como se trata de uma infecção viral contagiosa, ela pode ser transmitida pelas secreções da via respiratória, secreções das feridas das mãos e/ou dos pés, ou pelo contato com as fezes do paciente. Mas também pode ser de outras formas como:

  • Beijar uma pessoa infectada;
  • Secreções respiratórias, como tosse e espirro;
  • Apertando a mão de uma pessoa infectada;
  • Ingerindo alimentos feitos por pessoas infectadas que não tenham tido uma boa higienização das mãos;
  • Brinquedos contaminados pelas mãos sujas dos pacientes infectados;
  • Contato com roupas contaminadas;
  • Trocando a fralda de bebês contaminados.

A fase em que a síndrome mais está contagiosa, é na primeira semana da doença, porém mesmo depois da doença ter ido embora, os vírus ainda estão sendo eliminados pelas fezes por mais alguns dias. Em adultos com os vírus, não há desenvolvimento de sintomas, porém eles podem ser transmitires do vírus.

Sintomas da Síndrome Mão -Pé – Boca

  • Febre alta dias antes do surgimento das lesões;
  •  Aparecimento na boca, amídalas e faringe de manchas vermelhas com vesículas branco-acinzentadas no centro que podem aumentar para ulcerações muito doloridas;
  • Erupção de pequenas bolha, geralmente nas palmas das mãos e nas plantas dos pés, mas podendo ocorrer também nas nádegas e na região genital;
  • Falta de apetite;
  • Mal estar;
  • Vômitos e diarreia;
  • Dor, causando dificuldade para comer, ocasionando assim uma desidratação.

O período de incubação é de uma semana.

Tratamento da Síndrome

Não existe tratamento, e também não existe vacina. A síndrome some sozinha depois de alguns dias, então o médico indicará o uso de antitérmicos e anti-inflamatórios. Sendo os medicamentos antivirais usados apenas em casos mais graves. E é importante que o paciente se alimente direito, faça repouso e se hidrate tomando muito líquido.

Como tratar da síndrome de mão pé e boca por um plano de saúde em Curitiba?

Síndrome Mão - Pé - Boca

A Síndrome Mano-Pé-Boca (MPB) é uma doença infecciosa viral comum, principalmente em crianças, que pode causar febre, erupções cutâneas e feridas na boca. Felizmente, tratamentos eficazes estão disponíveis para aliviar os sintomas associados à doença. Se você mora em Curitiba e possui um plano de saúde, existem várias maneiras de tratar a síndrome de mão-pé-boca.

O primeiro passo é consultar o seu plano de saúde para saber quais recursos ele oferece para tratar a síndrome de mão-pé-boca. É importante entender qual profissional de saúde é coberto pelo seu plano e quais serviços, medicamentos ou tratamentos são oferecidos.

Além disso, é importante verificar se você tem direito a algum serviço especializado, como suporte nutricional ou fisioterapia para aliviar os sintomas da síndrome de mão-pé-boca. Se o seu plano incluir esses serviços, você pode usá-los para o tratamento da doença.

Você também pode buscar tratamento em Clínicas de Saúde que oferecem serviços especializados para tratar a síndrome de mão-pé-boca. Estes serviços geralmente incluem diagnóstico, tratamento e acompanhamento dos pacientes. Muitas destas clínicas aceitam o seu plano de saúde e podem fornecer tratamento a preços acessíveis.

Se você estiver procurando por medicamentos, existem várias farmácias em Curitiba onde você pode comprar medicamentos prescritos para tratar a síndrome de mão-pé-boca. Algumas farmácias aceitam o seu plano de saúde e podem fornecer os medicamentos a preços acessíveis.

Por último, mas não menos importante, é importante que você obtenha aconselhamento médico qualificado antes de iniciar qualquer tratamento para a síndrome de mão-pé-boca. Se você mora em Curitiba e possui um plano de saúde, existem várias opções para obter aconselhamento médico de qualidade. Você pode procurar um médico particular abrangido pelo seu plano de saúde ou procurar um serviço especializado em uma clínica de saúde em Curitiba.

Com um plano de saúde adequado em Curitiba, você tem à sua disposição várias opções para tratar a síndrome de mão-pé-boca. De qualquer forma, é importante buscar aconselhamento médico qualificado antes de iniciar qualquer tratamento para a doença.

Para saber mais sobre os planos de saúde em Curitiba, entre em contato com um de nossos corretores de plantão e saiba mais detalhes de contratação.

Mais sobre: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/secretaria-da-saude-orienta-sobre-doenca-mao-pe-boca/45367

Cotação Online

Digite a quantidade de pessoas por faixa etárias de idade